segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

MOÇAMBIQUE... ONTEM E HOJE!

Quem ontem andou por terras de Moçambique, tem sempre curiosidade em ir sabendo aquilo que por lá vai acontecendo, como se desenvolveram alguns recantos que quase viram nascer ou qual terá sido o destino dado a algumas infraestruturas que ajudou a construir.
Não será bem o meu caso, digo-o de consciência tranquila, pois apenas deixei construído um edifício, que teve as ajudas do Governador Geral, Engº. Pimentel dos Santos e dos Governadores do Distrito, General Melo Egídio e Coronel Guardado Moreira para a sua edificação. Pouco tempo depois de inaugurado, foi entregue aos cuidados da Paróquia de S. Miguel de Nova Freixo, na pessoa do então Rev ª. Padre Mazula... que veio a abandonar a Consolata, casou e acabou por ser um membro destacado da Frelimo, segundo foi divulgado.
Esse edifício foi construído a expensas do então Estado Português de Moçambique e ficou na República Democrática de Moçambique para uso de quem dele pudesse necessitar... podendo até ser utilizado pela Associação Moçambicana de Escuteiros , porque não?
Teria pena, isso sim, que o fruto de tantos trabalhos e canseiras sem fim, pudesse vir a ter um fim inglório, pois aqueles que foram "miúdos" no Agrupamento 264 do CNE - S. Miguel, puzeram muito do seu entusiasmo na decoração da "sua" sede, que era a menina dos seus olhos, jamais admitiriam saber que as crianças e jovens Moçambicanos de hoje haviam sido privados de um espaço que havia sido feito para eles!
Hoje sei haver esperança entre os jovens Moçambicanos, que apenas pretendem ter acesso a algo que lhes tem sido sistemáticamente vedado: À FELICIDADE!!!
Sabe-se haver ainda muitas carências, mas as autoridades saberão que não podem adiar por muito tempo a concessão de uma vida digna àqueles que têm vivido na esperança de uma viragem nas suas vidas! Que melhor tempo para se dar livre curso à alegria e união entre todos os Povos de Moçambique?
Um Novo Ano é sempre portador de uma esperança que renasce, de um desejo que se espera cumprido durante os restantes meses de cada ano que vai passando!
Kanimambo! Ambanine, Moçambique!

Sem comentários:

Enviar um comentário